Descubra a Psicologia das Cores

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest

Nós falamos brevemente sobre a psicologia das cores em outro post do blog. Hoje, queremos falar mais a fundo sobre esse aspecto tão importante na hora de criar a imagem da sua marca para o mundo.

O fato é que: a cor pode ser responsável por 60% da aceitação ou rejeição de um produto ou serviço. Então, se existe um estudo que procura entender como nosso cérebro identifica as cores e transformam em sensações…

Por que não fazer uso desse conhecimento, certo? Por isso, é importante entender mais sobre o tema e aprender a usar esses significados para favorecer a sua comunicação.

Cada detalhe implícito em um produto ou serviço impacta o consumidor de uma determinada forma. A cor é um deles e é um fator que 84,7% dos consumidores colocam acima de outros pontos.

O que significa Psicologia das Cores?

Psicologia das cores é um conceito de neuromarketing. Todo mundo está sempre buscando melhorar o conhecimento para aumentar seus clientes e número de vendas. Para isso, precisa ser o mais persuasivo que conseguir.

Quando falamos sobre persuasão, falamos sobre mexer com emoções. Por que? Porque a emoção pode trazer resultados mais significativos para sua empresa. E pouca coisa mexe com as emoções como as cores.

Óbvio que cada pessoa tem seu próprio gosto para cores, porém, não podemos negar que elas podem trazer uma influência, alterar humores e até influenciar decisões. Apostar nas cores certas pode lhe dar uma boa vantagem sobre os concorrentes.

As cores sempre fizeram parte da nossa vida. Desde que éramos crianças, quando todos os nossos trabalhos de escola giram, literalmente, em torno de colorir e das cores. Ou, até mesmo, nos tempos pré-históricos, quando as mensagens nas paredes eram a forma de comunicação. As cores, que eram poucas, podiam designar a ação que estava retratada.

Independe de quais produtos você está oferecendo ao seu público. É essencial entender como que o seu anúncio está sendo percebido pela audiência. O que eles sentem quando veem suas peças?

Colocar cores que influenciem positivamente o público, ativando os setores do cérebro que vão fazer com que ele entenda a mensagem e decida por adquirir o produto e resolver sua necessidade. Por trás da criação de todo um conceito de branding certamente existe um trabalho de um profissional que vai entender quais são as cores perfeitas para os seus produtos.

Dentro do branding da sua marca, a cor pode ser usada para passar diversas ideias e valores. E, assim como os valores, definir a personalidade da sua marca é algo extremamente importante.

beneficios de trabalhar a psicologia das cores

Os benefícios de trabalhar a Psicologia das Cores

Trabalhar com a psicologia das cores, de certa forma, traz clareza de propósito para o branding da sua marca. Com isso, você estabelece uma voz mais forte e mais fácil de assimilar.

Por mais que o produto seja maravilhoso, se você não encontrar a forma certa de conversar com seu público, você pode acabar perdido em um mar de concorrentes. A psicologia das cores te ajuda a despertar a atenção do seu público!

Um exemplo de como as cores de uma marca falam por si só é o McDonald’s. Os arcos dourados no fundo vermelho já foram difundidos ao redor do mundo e todo mundo sabe o que eles significam. Tudo isso, porque alguém que entendia sobre esse estudo, isso foi fundamental para a marca.

Essa difusão teve tanto sucesso, porque as primeiras impressões que as cores do logo do McDonald’s causam um impacto positivo. Você só tem uma chance de causar uma boa primeira impressão. Para isso, é importante que sua imagem esteja atraente o suficiente para conseguir um impacto.


Tenha em mente: primeiras impressões da marca contam muito, e raramente são esquecidas.

No livro “A Psicologia das Cores”, Eva Heller afirma que cores e sentimentos não se combinam ao acaso, nem são questão de gosto individual, são vivências comuns que, desde a infância, ficaram profundamente enraizadas na linguagem e no pensamento.

Não é uma garantia ou fórmula certa de que as cores te farão vender mais. Elas podem levar as pessoas a responderem positivamente ou ignorar sua marca. É tudo uma questão que depende de como você vai trabalhar com elas.

tabelas de cor pantone para psicologia das cores

Significado das Cores

Vermelho: é a cor mais quente que existe. Símbolo da paixão, erotismo, sensualidade, porém, também é associada ao perigo e a ira. Simboliza o fogo e a vitalidade. Aumenta os batimentos cardíacos e sentido de urgência. Frequentemente utilizado em promoções ou liquidações.

Laranja: cor equilibrada, vibrante e cheia de energia. É amigável e convidativa, reflete calor excitação e entusiasmo. Por isso, é ativa, alegre e sociável, porém menos excitante que o vermelho, porém é agradavelmente estimulante. É agressivo e pode criar uma “chamada para ação”: inscreva-se, compre ou venda.

Amarelo: mais brilhante das cores, também é a mais energizante, simboliza felicidade e acolhimento. Torna as pessoas mais falantes. Estimula o otimismo, esperança e ajuda a concentrar a atenção e estimular o intelecto. Frequentemente utilizado nas vitrines para chamar atenção dos consumidores.

Verde: equilibrada e rejuvenescedora, representa estabilidade e possibilidade. É associada à saúde e tranquilidade. Representa crescimento, vitalidade, abundância e natureza. Também é um símbolo da fertilidade, efeito calmante e alivia o estresse. Associado a riqueza, bastante utilizado para relaxar nas lojas.

Azul: calma, confiante e segura, ligada às coisas profundas, capaz de transmitir bondade, serenidade e paciência. Aumenta a criatividade, contemplação e espiritualidade. Geralmente, é utilizado em bancos e negócios.

Roxo: nobreza, riqueza, sucesso e sabedoria. Calmante, comumente relacionado à intuição e espiritualidade. Estimula a área do cérebro de resolução de problemas e de criatividade. Porém, pode gerar melancolia. Considerada a cor da realeza. Muito visto em produtos de beleza ou anti-idade.

Marrom: natureza, segurança, materialismo e conforto. Quando pensamos em sofisticação e seriedade, o marrom é recomendado. Transmitem conceitos que são associados a natureza e segurança. Muito utilizado em empresas dos segmentos de design de interiores.

Rosa: amor, inocência, saúde, felicidade, satisfação, romantismo e charme. Suave e delicado, o rosa é característico do universo feminino em seus tons mais claros. Já suas tonalidades mais escuras são diretamente relacionadas à modernidade. Geralmente, utilizado em produtos femininos.

Branco: pureza, simplicidade, limpeza, paz e frieza. A “cor pura” é uma das mais neutras da paleta. É capaz de ressaltar a luz das outras cores e pode despertar harmonia e equilíbrio quando colocada junto com cores mais intensas. Transmite competência, pureza e frescor.

Preto: poder, sexualidade, sofisticação, formalidade e elegância. A cor mais poderosa e neutra. Comumente associada à elegância e força. Pode transmitir também, a sensação de mistérios, além de ser relacionada ao medo, curiosidade e memória emocional. Usado para produtos e marcas do mercado de luxo.

Cinza: prático, atemporal e sólido. A junção das duas cores mais neutras da paleta (branco e preto) resultam no cinza, outra cor neutra. Ele tende a ser usado para ressaltar outras cores, já que sua neutralidade ressalta outros tons. É comum ver essa cor ligada à empresas de tecnologia e do universo corporativo.

É comum que as cores estejam junto com o tópico do design na hora de pensar estratégias, isso quer dizer que muitas pessoas deixam elas como fator de menor importância. Porém, de acordo com Neil Patel

“A cor representa 85% da razão pela qual você comprou um produto”.

Neil Patel

Comece a trabalhar as cores em seus projetos, e se sentir que precisa de mais ajuda, o autor Robert Plutchik criou uma roda de emoções e ligou as cores com sentimentos.

roda das emoções de plutchik para entender a psicologia das cores

Para escolher paletas de cores harmônicas para seus projetos, você pode utilizar o disco cromático e observar as cores que se complementam neles, veja:

disco cromático para decidir as cores

Qual é a melhor cor para sua marca? Você já parou para pensar como aplicar a psicologia das cores no seu negócio? Se sim, ótimo você está no caminho certo! Se não, comece fazendo pequenos testes de quais cores o seu público irá achar mais atraente.

Depois, venha aqui e compartilhe com a gente a sua experiência!

Gostou do post? Confira mais!

Gráficas