7 erros comuns na criação de materiais impressos e como evitá-los

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest

Além de conhecer o processo, a criação de materiais impressos também requer muita atenção aos detalhes. Obviamente, ninguém tem a intenção de enviar um arquivo com erros, mas eles costumam ser comuns na hora de mandar para a gráfica.

O problema é que, mesmo os erros mais simples podem causar atrasos e despesas desnecessárias a um projeto. Por isso, compartilhamos nessa matéria alguns dos principais e mais comuns problemas que costumam ser encontrados. Assim, esperamos que você saiba também como evitá-los!

1. Não levar em consideração as marcas de corte

Essas delimitações são inseridas nos quatro cantos de uma arte para indicar onde será feito o corte do papel após a impressão. Quando a impressora recebe o arquivo, geralmente ele é gravado em um papel maior do que o tamanho desejado. Por isso, as marcas de corte servem como um guia, demarcando o tamanho final do material.

Ignorar essas medidas ou mesmo colocá-las de forma errada pode fazer com que seu papel fique torto ou que alguma parte do seu conteúdo fique de fora. É essencial considerar a marca de corte antes mesmo de mandar o arquivo final para a gráfica. 

2. Não configurar a sangria

A sangria também é outra marcação importante para as gráficas. Basicamente, ela determina até que ponto vai a borda para configurar a cobertura da tinta. Por isso, se há alguma parte do seu layout que se estende até a borda, é necessário que seu arquivo possua essa limitação. 

Na hora de aparar o papel, a sangria também serve para delimitar a área final. 

3. Documento em tamanho inadequado

Alguns materiais possuem tamanhos específicos como cartões de visita, por exemplo. Enviar o arquivo final com dimensões diferentes da impressão podem causar dores de cabeça desnecessárias. 

Na maioria desses casos, o item precisa ser completamente reformulado para o novo formato, incluindo mais tempo e custo ao projeto. Para evitar atrasos e cobranças extras, sempre crie seu arquivo correspondente ao tamanho da peça final.

4. Cores definidas como RGB ao invés de CMYK

As cores que você vê no monitor do computador fazem parte do sistema RGB, assim como as produzidas por scanners, câmeras digitais, celulares e algumas impressoras caseiras. As cores RGB são uma mistura de vermelho, verde e azul. 

No entanto, as impressoras das gráficas criam documentos coloridos usando o método CMYK com camadas de ciano, magenta, amarelo e preto. Portanto, ao projetar uma peça para impressão, configure seu arquivo no modo de cor CMYK. Caso contrário, os arquivos enviados precisarão ser convertidos antes da impressão, gerando cores diferentes do que você esperava.

5. Imagens em baixa resolução

Documentos impressos precisam ter imagens com pelos menos 300 DPI para obter uma qualidade e clareza adequada. Não tente pegar qualquer imagem na internet porque elas costumam ter resolução mais baixa, já que a tela do computador permite nitidez diferente da impressão. 

6. Contraste ilegível entre texto e plano de fundo

Ao escolher o brilho e as cores do fundo e do texto, verifique se eles possuem um bom contraste. Usar um fundo preto com fontes escuras, por exemplo, vai fazer com que o texto não seja nada legível. Além disso, evite o uso de tipografias pequena ou muito finas, especialmente se for um texto branco contra um fundo colorido.

7. Problemas de ortografia e gramática

Antes mesmo de mandar o arquivo para a gráfica, verifique cuidadosamente se ele possui algum erro de ortografia ou gramática. Se algo passar, você não apenas perderá a credibilidade perante o leitor como também terá de investir mais dinheiro para refazer o material.

Além de você mesmo, peça para alguém revisar o documento para confirmar que ele está pronto para a impressão. Não corra o risco de reimprimir algo por falta de revisão.

Se você está em busca de uma empresa para realizar a criação de materiais impressos, conte com a Quatrocor! Nossos profissionais garantem profissionalismo, agilidade e qualidade na impressão das suas peças (sem erros). Entre em contato conosco e solicite um orçamento sem compromisso!

Gráficas